domingo, 21 de outubro de 2007

"Sem dúvida, me direis este provérbio"

“Pentecostal que não faz barulho está com defeito”
(Pr Marco Feliciano)


Você acredita neste ditado ensinado nas pregações do Pr Marco Feliciano, como por outros pregadores? Ele também diz que “esse grito anima o pregador e alegra a Deus”. O Antigo Testamento traz uma menção desse tipo, em 1º Sm 1.9-14, onde o sacerdote Eli vê que Ana não faz barulho, só mexe os lábios, e a julga como "defeituosa" (embriagada).

Então, vejamos o que o Mestre dos mestres, o Homem que tem as palavras de vida eterna ensina:
“Mas tu quando orares, entra no teu aposento e, fechando a porta, ora a teu Pai, que vê o que está oculto” (Mt 6.6); “Despedida a multidão, subiu ao monte para orar a parte” (Mt 13.23); “e, indo um pouco adiante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando...” (Mt 26.39); “Jesus chorou ...levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças te dou ...” (Jo 11.35,41).
Nenhuma oração de Jesus foi movida a barulho. O modo como o fariseu, de Lc 18.10-14 ora, querendo se mostrar (e se justificar) é totalmente reprovado por Jesus, como em seu discurso em Mt 23 contra os mesmos: “a fim de serem vistos”... “amam os primeiros lugares”... “saudações”... “serem chamados Rabi”.

Jesus foi homem cheio do Espírito Santo, após ser batizado. Todos os apóstolos eram cheios do Espírito. Não há nenhum relato neotestamentário que leva-nos a crer na afirmação do Pr Marco Feliciano. Em At 16.25, quando Paulo e Silas estavam acorrentados na prisão, está escrito que os dois oravam e cantavam. Não há menção de barulho como o de Atos 2.

Tomemos então cuidado com o que afirmamos e ratificamos, dizendo que é bíblico. Com comentáios deste tipo acabamos perdendo nossa salvação, pois matamos alguém com eles, nos tornando homicidas, e homicida nenhum tem em si mesmo a vida eterna. E barulho sempre é proveniente de algo vazio. Bater em qualquer recipiente cheio não produzirá som com alto nível de decibéis. Recipiente cheio sempre produzirá som uníssono; e grave, como o baixo de um coral.

Dc Elizeu R dos Santos, professor

2 comentários:

Vitor Hugo da Silva disse...

A paz do Senhor irmão Elizeu!

Adicionei seu BLOG no meu!

Você já congregou em Joinville? Que benção meu irmão, esta cidade tem sido abençoada de uma maneira muito especial pelo Senhor.

Estarei passando por aqui para comentar sobre seus artigos!

Deus o abençoe!

Obs: O referido pastor citado em seu artigo irá pregar aqui em Joinville neste final de semana (orai por nós!).

Vitor Hugo.

Elizeu Rodrigues dos Santos disse...

Obrigado irmão Victor Hugo. Jesus pdede ao Pai em sua oração que "sejamos um, como Ele e o Pai são um". Deus abençoe o templo sede nestas festividades. Postarei alguns comentários nas matérias em seu blog.